A evolução do modelo tradicional de NOC no contexto da Transformação Digital
09/04/2018
Algar Tech

A evolução do modelo tradicional de NOC no contexto da Transformação Digital

A evolução do NOC baseado na Transformação Digital

O ambiente de TI vem ganhando cada vez mais importância dentro do cenário dos negócios, uma vez que a tecnologia da informação está relacionada diretamente aos resultados obtidos pelas empresas. Nesse sentido, os profissionais da área passaram a ser mais cobrados para garantirem a alta disponibilidade dos ambientes de tecnologia sem qualquer downtime nos serviços críticos da organização. Porém, esse processo de garantir que problemas não atrapalhem a disponibilidade dos ambientes não é uma tarefa simples, principalmente quando a empresa não conta com ferramentas e serviços que auxiliem o gerenciamento.

Uma pesquisa realizada pela consultoria Forrester, com 157 profissionais de TI de grandes empresas, apontou que o custo médio de uma hora de downtime em uma grande empresa pode chegar a US$ 1 milhão. Além disso, esse estudo também mostrou que 34% dos entrevistados passam diariamente por problemas de indisponibilidade, 42% gastam entre uma hora e uma semana para identificar a causa raiz de um problema que afetam os serviços de TI e 60% desses profissionais costumam envolver outras pessoas para auxiliarem na solução dos problemas.

Esses dados mostram que além da indisponibilidade dos ambientes, recursos, como tempo de trabalho dos colaboradores, também são comprometidos no trabalho reativo de gerenciamento. Neste texto você vai entender por que o NOC pode ser a solução mais indicada para uma atuação proativa e preventiva em relação à disponibilidade dos ambientes de tecnologia e quais são os principais benefícios que um centro de operações de rede pode garantir aos negócios.

 

Ambiente de TI estável: a importância do NOC para os negócios

Contar com o NOC (Network Operation Center), em português Centro de Operações de Rede, é uma prática muito comum dentro das grandes empresas quando o assunto é a otimização do gerenciamento e potencialização dos resultados. Porém, apesar de ser algo comum, esse é um serviço que até então conta com poucas evoluções no que diz respeito à implementação de novas tecnologias.

Considerado um local usado para se realizar o gerenciamento e gestão de eventos de TI, o NOC é responsável por gerenciar toda a infraestrutura de TI e Telecom, aplicações de negócio e cloud de uma empresa através de softwares específicos comandados por uma equipe especializada. Essa equipe monitora os alertas gerados em tempo real por todos os componentes da rede e atua de forma preventiva e proativa com o intuito de manter o ambiente de tecnologia o mais estável possível.

Além de monitorar, um Centro de Operações de Rede também responde pela estabilização dos incidentes de forma imediata, gera relatórios que avaliam a capacidade e a disponibilidade dos ambientes de tecnologia, projeta e avalia tendências, realiza análises de SLAs e colabora para atuação proativa e estratégica dos profissionais de TI.

Outra vantagem do NOC está relacionada à realização correta de investimentos nos ambientes de TI. Grande parte das organizações trabalham com uma estimativa financeira projetada para investimentos na área de tecnologia, conhecida como TCO (Total Cost of Ownership). Quando os ambientes em questão são grandes e complexos, qualquer falha pode resultar em problemas irreparáveis para a empresa, refletindo diretamente nas demandas e no valor dessa estimativa.

Assim, todas essas vantagens operacionais resultam em tomadas de decisões mais eficazes, redução do índice de problemas, agilidade no encontro e execução de soluções, maior satisfação de usuários e, principalmente, na redução do downtime.

 

O NOC como garantia da disponibilidade da TI e continuidade dos negócios

A Transformação Digital tem feito com que tudo se mova cada vez mais rápido e em grande escala.  Para se ter uma ideia disso, nos próximos 60 segundos, mais de 693 mil GB de dados serão transferidos, 571 novos sites serão criados, 2 milhões de buscas no Google serão feitas e mais de 200 mil e-mails serão enviados. Muita coisa, não é mesmo?

Dentro desse contexto repleto de possibilidades, informações e dados, existem aplicativos destinados a diversas finalidades, tanto para os usuários quanto para as empresas. Mas e a infraestrutura de redes e aplicações, elas estão conseguindo acompanhar todo esse ritmo? Existem quatro elementos fundamentais quando falamos sobre um centro de operações de rede como uma solução que garante a disponibilidade da TI e a continuidade dos negócios na era da Transformação Digital. São eles:

 

  1. Escalabilidade: deve suportar crescimento exponencial do negócio de forma segura e resiliente;
  2. Assertividade: precisa ser assertivo em relação aos investimentos de tecnologia a partir da gestão efetiva da capacidade atual e futura do ambiente TI e Telecom;
  3. Disponibilidade: deve garantir os níveis de disponibilidade exigidos pelo negócio;
  4. Continuidade: precisa manter as operações críticas de negócio de forma ininterrupta.

Atenta a esses elementos fundamentais e também às necessidades de evolução do modelo tradicional de NOC é que a Algar Tech, empresa brasileira com foco na Transformação Digital, aprimorou sua oferta do Centro de Operações de Rede e revitalizou toda a sua infraestrutura do ambiente. Com isso, o catálogo de serviços de NOC passa a atender as transformações do mercado, visto que a competência das tecnologias e sistemas de gerenciamento foram revistas e a capacidade de sustentação dessas tecnologias modernizada.

Atualmente, 47% das empresas utilizam mais de cinco tecnologias para fazer o monitoramento da infraestrutura de tecnologia. Com o uso de tecnologias e soluções robustas, que possibilitem uma gestão unificada de todo o ambiente, o novo Centro de Operações de Rede da Algar Tech tem como objetivo centralizar todos esses processos e oferecer uma solução inteligente de gerenciamento de ponta a ponta da infraestrutura de TI e aplicações de negócio. A proposta oferece ainda os seguintes resultados:

  • Média de garantia de 99,7% em relação a disponibilidade dos serviços críticos para o negócio, assegurando sua continuidade e diminuindo as interrupções que causam impacto;
  • Rápido retorno do investimento, com redução de cerca de 15% dos custos com a administração do ambiente de TI a partir de um negócio de modelo variável em relação ao volume de elementos e tipo de gerenciamento;
  • Implementação eficiente, com operacionalização do ambiente de monitoramento em uma semana* e mínima interferência no ambiente a partir da adoção de tecnologias flexíveis e métodos replicáveis;
  • Alta escalabilidade, com redução de até 20% no volume de incidentes a partir do gerenciamento proativo e tempo de resposta dos incidentes minimizado em até 13%* a partir da automação dos processos de resolução.

Além disso, a oferta conta com um grande diferencial: o Professional Services, um serviço especialista para administração e sustentação da infraestrutura de TI e Telecom. Com ele, a empresa tem acesso a uma análise crítica e aprofundada do seu ambiente de tecnologia, gerando de forma integrada o troubleshooting dos equipamentos, identificação da causa raíz e indicação de soluções definitivas para incidentes e problemas, plano de capacidade atual e futuro dos ativos e demais atividades relacionadas à saúde da operação dos negócios.

 

Necessidades atendidas pelo NOC Algar Tech

Diante das transformações do mercado, entre as principais necessidades que são atendidas pela nova oferta de NOC da Algar Tech são:

  • Gerenciamento de toda infraestrutura de TI, Telecom, Cloud e Aplicações de Negócio, visando manter os mais altos índices de disponibilidade do ambiente e foco dos clientes em seu core business;
  • Gestão unificada do ambiente de tecnologia, gerando uma visão centralizada e simplificada para os tomadores de decisão;
  • Análise preditiva de problemas e empecilhos, trazendo visão de capacity e necessidade de alterações e otimizações do ambiente de tecnologia;
  • Automatização de tarefas relacionadas à resolução de incidentes, reduzindo a interferência humana e garantindo menor tempo de indisponibilidade.

E então, como está o monitoramento do ambiente de TI da sua empresa hoje? Ele é eficiente e garante a disponibilidade dos processos de negócio?

* Implementação em ambientes com até 2 mil ativos.

 

Posts relacionados

Nós ligamos pra você

Consultor especializado

mais perto da sua empresa.

PRONTO!

Em breve entraremos em contato com você.