Algar Tech seleciona 3 startups para Open Innovation
22/03/2019
Agência Surfe

Algar Tech seleciona 3 startups para Open Innovation

A multinacional abriu o programa em dezembro e anunciou recentemente as três selecionadas que trabalharão no Innovation Lab de Uberlândia.

A Algar Tech – multinacional brasileira especializada em gestão do relacionamento com o cliente, ambiente de tecnologia e serviços de telecom – abriu no final de 2018 um programa de inovação aberta, convidando startups de diversas áreas a se inscreverem e trabalharem em conjunto no Innovation Lab de Uberlândia.

Recentemente, a empresa anunciou o resultado do seu programa de inovação aberta, e foram as startups Rio Analytics, Mevio e Mais Soluções Inteligentes que foram selecionadas para colaborar com a solução de desafios de negócio na Algar Tech, dando suporte à criação do portfólio com novos produtos ou modelos de negócios.

Além das três vencedoras, outras duas startups foram selecionadas para fazerem parte do programa de incubação em Pesquisa e Desenvolvimento, em parceria com universidades da região.

A companhia avaliou startups que atuam nas áreas de internet das coisas (IoT), blockchain, realidade aumentada e mista, inteligência artificial e automação, utilizando os critérios como estágio do projeto ou produto, e  ainda a disponibilidade para inovação aberta.

E agora essas três empresas receberão mentorias, acesso a toda infraestrutura dos quatro laboratórios de inovação da Algar Tech, trabalho em conjunto em projetos de inovação disruptiva, acesso direto aos desafios de negócio e conexão com todo o ecossistema de inovação da Algar Tech.

Segundo Bernardo Costa, head de Transformação Digital e Inovação, o objetivo era buscar empresas da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, mas o programa fez tanto sucesso que acabou tomando proporções nacionais. “Ficamos muito felizes com essa repercussão. Em um mundo conectado como o de hoje, as barreiras geográficas desaparecem e temos a oportunidade de trabalhar em colaboração com empreendedores de qualquer lugar do mundo. Por isso, focamos na solução”, comenta.

Conheça um pouco mais das empresas selecionadas:

Rio Analytics: a startup da cidade do Rio de Janeiro desenvolve sistemas de monitoramento de condição, predição de falhas e otimização de processos industriais por meio da inteligência artificial. A Rio Analytics ainda desenvolve softwares hospedados na nuvem ou localmente, sistema de instrumentação e de IoT e análise de dados em bancos de dados existentes.

Mevio: Essa startup da cidade de São Paulo gerencia projetos que alavanca a produtividade das empresas automatizando processos internos. Com uma interface simples e intuitiva de fluxogramas (BPM), é possível acompanhar e controlar qualquer tipo de operação por meio de fluxos de trabalho pré-definidos, discutidos e refinados pela sua equipe, diminuindo a incidência de erros humanos, aumentando a eficiência de suas operações e automatizando etapas até então conduzidas manualmente.

Mais Soluções Inteligentes: Por última, a empresa de Lages, em Santa Catarina, desenvolve tecnologia para a indústria 4.0, provedora de sistemas “Machine to Machine” com foco em rastreabilidade e gestão da cadeia de produção e de suprimentos. A solução utiliza tecnologia de rádio frequência, que possibilita equipamentos conversarem entre si, sem a intervenção humana, resolvendo problemas de rastreabilidade e coleta de informações.

Incubação
Ainda, as startups CrudTec e a F7 Lab – Tecnologia Criativa, ambas de Uberlândia (MG), serão incubadas em um programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Algar Tech, já que ainda se encontram em fase de ideação e conceituação, diferentemente das demais concorrentes selecionadas, que já estão na fase de validação do produto e escala.

A CrudTec constrói plataformas para gerenciar bots cognitivos com automações de processos e tarefas comuns nas empresas e atuará no desenvolvimento de soluções em curadoria digital e outras plataformas de negócio.

A F7 Lab – Tecnologia Criativa é focada no desenvolvimento de tecnologias que possam gerar impacto social, e irá desenvolver soluções de realidade aumentada e mista.

“Optamos por incubar essas duas startups porque, embora ainda estejam em uma fase iniciação de desenvolvimento do produto, elas têm potencial de desenvolvimento de soluções que estão em linha com o nosso negócio e com o programa de P&D, que já estávamos estruturando, além de serem empreendedores com muito talento”, explicou Bernardo Costa.

As incubadas também receberão mentorias e conexão com nosso ecossistema de inovação da Algar Tech, para que possam desenvolver seu modelo de negócio.

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Nós ligamos pra você

Consultor especializado

mais perto da sua empresa.

PRONTO!

Em breve entraremos em contato com você.